logo

14 músicas de diferentes cantores indígenas brasileiros para conhecer

Ademilson Umutina, de Mato Grosso, homenageia o seu povo - Reprodução YouTube

Ademilson Umutina, de Mato Grosso, homenageia o seu povo – Reprodução YouTube


A música indígena reflete todo o espírito de um povo. Existem músicas tradicionais e outras de autoria de músicos de diferentes etnias. Bandas indígenas e cantores estão espalhados por todo o Brasil, mas pouco conhecidos no cenário nacional

Músicas compostas em línguas indígenas; outras em português. Algumas contam histórias, falam da cultura e também sobre sentimentos, pensamentos. Existem cantos e rezas específicos para invocações rituais que acompanham também as danças tradicionais dos povos. Uma pequena lista de alguns dos muitos músicos indígenas brasileiros e músicas tradicionais:

1 – Sertanejo indígena – História do povo Umutina
Ademilson Umutina é um compositor e cantor, ele vive na aldeia Bacalana no município de Barra do Bugres-MT. Seu grupo busca resgatar a cultura tradicional Umutina.

2 – Shaneihu Yawanawá – Kêne Kêrane
É um conhecido cantor indígena acreano do povo Yawanawá. Faz apresentações em diferentes países e Estados do Brasil.

3 – Grupo Indígena Eware
Indígenas do Povo Tikuna. Netinho Tikuna é um cantor indígena da Região do Alto Solimões no Amazonas. Djuena Tikuna é uma conhecida cantora indígena do Amazonas. Eware significa terra sagrada.

4 – Banda Kaymuan
Banda indígena do povo Tupinikim no Espírito Santo, com estilo congo capixaba. Kaymuan significa “Mata Velha”

5 – Banda Kahetê Zerê Henã
Banda composta por indígenas Haliti-Paresi do Estado do Mato Grosso.

6 – Tohantes Tupinambá de Olivença
Toantes do Povo Tupinambá de Olivença na Bahia, disponibilizados pela Rádio Tupinambá.

7 – Márcio Tserehité
É um famoso cantor da etnia xavante que reside na aldeia Belém na Terra Indígena (TI) Pimentel Barbosa, município de Canarana, Mato Grosso. Você pode conferir algumas músicas de seus CDs:

8 – Gean Ramos
Conhecido cantor do Povo Pankararu de Brejo dos Padres em Pernambuco.

9 – Bro MCs
Grupo de rap Guarani Kaiowa do Mato Grosso do Sul.

10 – Revelação da Tribo
Banda de forró de indígenas Guajajara e cantor Edvan Guajajara do Maranhão.

11- Banda Sonissini Mavutsni
Lappa Yawalapiti é um cantor de reggae xinguano do Povo Yawalapiti em Mato Grosso que gravou músicas em parceria com Rodrigo Kaverna.

12 – Grupo Sabuká
Grupo de música de indígenas do Povo Kariri Xocó de Alagoas.

13 – Wakay Fulni-ô
Wakay Cícero Pontes é um músico indígena. É filho de Kariri com Fulni-ô e vive na reserva Thá-Fene (Semente Viva) na Bahia.

14 – Kanátyo Pataxó
Salvino dos Santos Braz, o Kanátyo Pataxó, é um educador e cantor indígena do Povo Pataxó que vive em Minas Gerais.

N.R.: O jornalista e doutor em antropologia social pela USP Spensy Pimentel escreveu, em seu Facebook: “Bela coletânea!” Ele foi econômico. É uma tremenda de uma iniciativa de índios que produzem a Rádio Yandê, cujo objetivo é “incentivar novos ‘correspondentes indígenas’ no Brasil” e “construir uma comunicação colaborativa muito mais forte, isso comparada as mídias tradicionais de Rádio e TV”. Músicas e notícias indígenas online. Como disse para nós, um de seus coordenadores, Anápuáka Tupinambá: “Nós já somos doidos em ter uma mídia indígena no Brasil.”

RadioYande 2

  1. Andreas Korth Responder

    gosto muito a musica. O Brasil preciser fazer mais para involvente os tribus indigenas no rede sociais do Brasil !

  2. PEDRO VIDAL Responder

    super iniciativa trabalho lindo emocionante, educação cultura e arte, tudo o que precisamos! parabéns!!!!

  3. Emilie Charpon Responder

    Magnifico! Parabéns pela iniciativa!!

  4. Jovelina Rodrigues Veloso Responder

    Boa noite. Passando apenas para dizer que amei o seu trabalho e gostaria de contribuir com ele.
    Tenho alguns CDs de bandas da etnia Xavante (que ainda não tiveram a mesma sorte de Márcio Tserehité), mas gravam amadoramente, todo ano, novos CDs. As músicas são lindas (não que as de Márcio não o sejam). Há cerca de 5 anos tenho estudado a cultura Xavante (riquíssima) e ficaria honrada em contribuir com vosso trabalho. Se houver interesse, entre em contato via e-mail.

Deixe seu comentário:

*

captcha *