Tom Mercier, em cena de Synonymes
Tom Mercier, em cena de Synonymes - Foto Guy Ferrandis

Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim 2019, Synonymes é a frenética história de Yoav (Tom Mercier), que após servir no Exército de Israel decide migrar para Paris com um claro objetivo: apagar suas origens. Cansado das loucuras de seu país de origem e encantado com o que conheceu da França que leu nos livros OU viu nos filmes, o jovem israelense quer se tornar um verdadeiro francês. Com a ajuda de dicionários, ele quer encontrar não só sinônimos que façam a ligação entre o francês e o hebraico, mas uma nova identidade.

O argumento de Synonymes (Sinônimos, em português) já seria suficiente para um voto de confiança a essa história de soldados israelenses brutalizados pelo constante estado beligerante de seu país. Por onde tem sido exibido, o filme cria relações de amor e ódio. Mas está, facilmente, entre as grandes produções de 2019, que inclui longas valorosos como Parasita, Coringa e Bacurau. Se nesses três filmes, há uma conexão da sufocada luta de classes que emerge na rebelião dos oprimidos, Synonymes vai fundo na investigação de um personagem que nos põe em xeque com o próprio conceito de cultura.

Yoav lembra Forrest Gump (vivido por Tom Hanks) ou Rain Main (Dustin Hoffman). Os três são como peixe fora d’água. Synonymes é dramático, mas também cômico, hilariante em algumas cenas. Tom Mercier revela o personagem Yoav aos poucos. A direção de Nadav Lapid (Policeman e A Professora do Jardim de Infância) conduz o protagonista a uma espécie de alienação de si mesmo, o que deixa a plateia intrigada pela negação dele à sua própria cultura. Complexo e desconcertante, Yoav é um jovem ferido a partir das experiências que vivenciou no front de batalha.

Synonymes. De Nadav Lapid. França/Israel/Alemanha. Drama, 123 minutos. Estreia em Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Londrina, Maceió, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Paulo, Teresina e Vitória.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome