Samuel Rosa, da banda Skank, que adiou turnê na Europa por causa do coronavírus
Samuel Rosa, da banda Skank, que adiou turnê na Europa por causa do coronavírus - Foto Fabiano Jr
  1. Um dia após declarada a pandemia do coronavírus pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil começa a adotar maciçamente a estratégia de cancelamento de pequenos, médios e grandes eventos. Na cultura, o impacto é devastador: nesta quinta-feira (12/3), o Festival de Teatro de Curitiba, um dos mais tradicionais do País, que iria de 24 de março a 5 de abril na capital paranaense, informou que a mostra está reagendada para setembro de 2020, entre os dias 1º e 13. “A decisão se deve à segurança e ao cuidado com a saúde do público, dos artistas e de toda a equipe de produção”, informou, em nota.

Na Bahia, o Mozarteum Brasileiro decidiu cancelar as atividades da 9ª edição do Festival Música em Trancoso, que iria começar neste fim de semana e se estenderia até 21 de março. Segundo nota, a decisão foi tomada “após consulta ao Ministério Público e aos órgãos de saúde pública do Estado da Bahia”.

A maior feira de artes do País, SP-Arte, anunciou a suspensão da sua 16.a edição, que aconteceria de 1º a 5 de abril, no Pavilhão da Bienal, “até termos condições adequadas para sua realização”, informou em nota, acrescentando que “nos esforçamos até o último momento para manter a SP-Arte”, mas sua característica internacionalizada gera incerteza devido ao fechamento de fronteiras. O Museu de Arte Moderna de São Paulo anunciou fechamento das atividades nessa segunda, 16. O Itaú Cultural fecha a partir desta terça, 17. Também anunciaram suspensão da visitação a Pinacoteca do Estado de São e o Instituto Inhotim, o maior museu ao ar livre do País, em Brumadinho (MG).

O Museu de Arte de São Paulo MASP) fechará por tempo indeterminado a partir do dia 17, terça-feira.
As exposições “Hélio Oiticica: a dança na minha experiência”, “Trisha Brown: coreografar a vida” e “Sala de vídeo: Babette Mangolte”, que abririam dia 20.3, serão adiadas até o museu retomar suas atividades.

O Teatro Municipal de São Paulo e a Sala São Paulo suspenderam as atividades por tempo indeterminado. No Rio, o Teatro Municipal anunciou o fechamento por duas semanas.

O Instituto de Arte Contemporânea teve de cancelar a abertura oficial de sua nova sede, no sábado 14, mas manteve a visitação a partir de terça-feira (17) da exposição Luzes da Memória. A nova sede do IAC fica na Avenida Doutor Arnaldo, 126, em São Paulo.

O Centro Cultural Fiesp, em São Paulo, anunciou que suspenderá por tempo indeterminado todas as atividades a partir da sexta-feira 13. “A decisão leva em consideração o bem-estar e a saúde do público que frequenta o espaço e tem acesso a sua programação cultural gratuita diariamente”, informa a nota da assessoria de imprensa. Com essa decisão, o espetáculo Sopro, do ator e diretor português Tiago Rodrigues, destaque da Mostra Internacional de Teatro de São Paulo (MITsp), teve suas apresentações na sexta, no sábado e domingo canceladas.

A estreia prevista para quinta-feira do espetáculo São Paulo foi suspensa pelo Teatro Unimed na capital paulista. A assessoria, em nota, informou que segue orientação do Ministério da Saúde para que se evitem aglomerações e que vai devolver o valor pago pelos ingressos pelos canais de compra. Uma nova data de estreia será  divulgada assim que possível. O Teatro Alfa decidiu manter sua programação, mas informou que vai redobrar “os cuidados na limpeza e higienização” e o foyer receberá painéis e cartazes para orientação sobre os riscos do Covid-19.

Os organizadores da WME Conference 2020, nos dias 27, 28 e 29 de março no CCSP, em São Paulo, decidiram adiar o evento. A plataforma Women’s Music Event, além de painéis e workshops, apresentaria shows de artistas como Céu, Rakta, As Bahias e a Cozinha Mineira e Maria Rita Stumpf.

O ator, diretor e escritor Vinicius Piedade teve suas apresentações em Portugal canceladas. Ele levaria os espetáculos Hamlet Cancelado e Cárcere para Sintra, Ilha da Madeira e Seia, entre os dias 21 de março e 18 de abril. “Espero que esse mal mundial seja controlado o quanto antes para que todos possamos tocar nossas vidas no seu curso normal”, postou em seu perfil no Facebook.

A TV Sesc, que lançaria a série Paulo Freire, Um Homem do Mundo no dia 17, também cancelou o evento, além do III Seminário Internacional Arte, Palavra e Leitura – Por uma Educação Transformadora. As atividades aconteceriam de 17 a 19 de março na unidade do Sesc Pinheiros. Segundo a nota da assessoria, a decisão foi tomada “em virtude da impossibilidade dos convidados estrangeiros, que representavam parte significativa da programação, fazerem viagens internacionais em decorrência das medidas preventivas à disseminação do COVID-19 (“Coronavírus”)”. Outras programações dos Sesc, em São Paulo, continuam sendo divulgadas.

A Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas (Feneec) informou ao Farofafá que não vai alterar a rotina das sessões de cinema nas salas dos complexos associados. Segundo a Feneec, as sessões nas salas de cinema estão confirmadas, as empresas exibidoras brasileiras “estão acompanhando atentamente todos os comunicados do Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais de Saúde relativos à Covid-19 ou Coronavírus” e as equipes de profissionais que atuam nas salas de cinema estão recebendo informações sobre como realizar a manutenção e a higiene para garantir que o ambiente esteja seguro.

A Paramount Pictures informou que, seguindo orientação global, adiou por tempo indeterminado a estreia de Um Lugar Silencioso – Parte II. “Levamos em conta a situação mundial com o desenvolvimento do coronavírus e as medidas de restrição de aglomeração”. A empresa cancelou os eventos de lançamento e também a cabine de imprensa que aconteceria no dia 16, no Shopping Iguatemi, em São Paulo, às 10h30. A HBO cancelou duas exibições, para a imprensa, de produções novas que iria estrear: The Plot Against America e A amiga genial: história do novo sobrenome.

Em Itu (SP), foi cancelada a exposição Tarsila: estudos e anotações, que estava marcada para ser aberta sábado 14, no museu FAMA. O Museu FAMA – Fábrica de Arte Marcos Amaro, é um espaço de 25 mil metros quadrados em Itu (SP), com acervo de cerca de 1,3 mil obras, entre pinturas, desenhos, gravuras, esculturas e instalações de nomes como Aleijadinho, Carmela Gross, Cildo Meireles, Nelson Leirner e Tunga.

Pela primeira vez em 31 anos, o programa Domingão do Faustão, da Rede Globo, será gravado sem plateia em São Paulo, segundo informou a coluna Telepadi, do UOL. A Agência Nacional de Cinema (Ancine) distribuiu comunicado na terça-feira recomendando que servidores com sintomas de contágio trabalhem de casa.

Shows no Brasil e no exterior

As bandas Skank e Jota Quest, que participariam do EuroTour2020, entre 19 e 29 de março, adiaram suas viagens à Europa. Com a escalada do corona vírus, a covid-19, os dois grupos de rock consideraram que seria inviável manter a programação dessa turnê, que passaria pelas cidades de Paris, Londres, Amsterdã, Dublin, Madri, Barcelona, Torino e Lisboa. Também em nota, a assessoria informou que “os integrantes da banda continuam entusiasmados com a possibilidade de se apresentarem para o público dessas cidades e aguardam a volta da normalidade na Europa”.

O DJ Alok cancelou as turnês que faria na próxima semana nos EUA e, em abril, na China, com duração de 15 dias em cada País. Neste período, informou Alok, o DJ irá se dedicar a suas produções musicais. A banda Natiruts cancelou show em Santos no Mendes Convention Center, programado para esta sexta-feira, e também está analisando outros cancelamentos.

Roberto Carlos anunciou a suspensão de sua turnê de comemoração dos 79 anos, o que inclui um show em Cancún, México, em outubro.

A empresa T4F comunicou oficialmente a transferência do festival Lollapalooza, o maior do País, para os dias 4  5 e 6 de dezembro. O evento, que levou 246 mil pessoas a Interlagos no ano passado, seria realizado entre 3 e 5 de abril no Autódromo de Interlagos (o local permanece o mesmo). Segue o exemplo dos Lollapaloozas do Chile e da Argentina, também já suspensos. O  Lollapalooza Brasil anunciou que manterá os headliners: The Strokes, Guns e Travis Scott. Os grupos Backstreet Boys e Mcfly anunciaram também o cancelamento de suas turnês.

A cantora pernambucana Karina Buhr falou no Twitter do impacto negativo que isso deve ter na vida cotidiana dos artistas e produtores brasileiros, comprometendo as suas fontes de sobrevivência de milhares. “Minha manhã e de colegas de profissão tá sendo ligar para produções e tentar adiar coisas enquanto estômagos de equipe ardem pensando no futuro próximo, pois os boletos não ficarão de quarentena”.

Impacto na cultura mundial

Em Nova York, os teatros da Broadway tiveram de interromper seus espetáculos, porque a maioria dos espaços possui acima de 500 lugares, aglomeração máxima permitida pelo governador do estado. Os museus Metropolitan e Guggenheim também fecharam.

Na Austrália, a indústria de entretenimento recorreu ao governo para criar um fundo que ajude a minimizar as perdas com os cancelamentos em virtude do coronavírus e auxilie a classe artística a ultrapassar o período difícil. O governo australiano prometeu uma ajuda de 10 bilhões, a título de estímulo econômico, para o setor – parte substancial das turnês internacionais passa pela Austrália após a Ásia.

* Texto atualizado às 13h10 de 16 de março de 2020

 

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome