A Voz Suprema do Blues, em streaming na Netflix
A Voz Suprema do Blues, em streaming na Netflix - Foto David Lee/Divulgação

Cotado para o Oscar 2021, A Voz Suprema do Blues fixa-se na turbulenta sessão de gravação de um esperado disco da diva Ma Rainey. A mãe do blues é interpretada magistralmente por Viola Davis, forte concorrente a conquistar mais uma estatueta, mas quem rouba a cena é Levee, o ator Chadwick Boseman, falecido em agosto do ano passado. O trompetista seria só um coadjuvante diante da estrela maior, mas Levee sabe que ele não pode trair a si mesmo deixando de lutar por aquilo que ele representa.

Na Chicago dos anos 1920, Ma Rainey enfrenta uma ferrenha disputa com o empresário e produtor, revelando parte da tensão racial do filme. Até que ponto a indústria cultural branca poderia impor sua vontade sobre uma virtuosa artista negra? Mas é nos bastidores, dentro de uma apertada sala de ensaios do estúdio, que surgem outros conflitos. Decidido a ter sua própria carreira, Levee incita os colegas da banda a saírem de seus esperados papéis, o que faz emergir uma série de verdades ocultas.

A Voz Suprema do Blues. De George C. Wolfe. Na Netflix, 94 minutos

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome