Roberto Piva, o poeta que não era piedoso

Foto de Jotabê Medeiros
Há 10 anos, morria o poeta paulistano Roberto Piva. Tenho Piva na mesma consideração que tenho Walt Whitman. Evidentemente, não foi sempre assim. Fui despertado para a literatura de Piva quando ele já era calejado. Quando li Paranoia, custei a crer que tinha sido escrito em 1963, quando o poeta tinha apenas 26 anos. Tenho duas ou três edições diferentes de...

Cide Piquet traduz (e disponibiliza) 20 haicais de Kobayashi Issa

20 haicais de Issa. Capa. Reprodução
É graças ao tradutor Cide Piquet que o Brasil conhece, hoje (antes tarde do que nunca), a poesia exuberante de Nicanor Parra, cujo “Só para maiores de cem anos” é traduzido por ele e Joana Barossi. Agora, aproveitando o confinamento imposto pela pandemia de coronavírus, ele solta “20 haicais de Issa”, plaquete eletrônica, que ele disponibilizou para download através...

Ferreira Gullar, 90 anos

Ferreira Gullar
Neste ano de 2020 completam-se 90 anos do nascimento do poeta maranhense Ferreira Gullar. Morto há 4 anos, em 2016, Ferreira Gullar deixou a atividade intelectual de seus últimos anos marcada pelo reacionarismo e pelo espírito de vendetta, além de não ter feito nenhum livro especialmente mencionável no período final. Mas é impressionante a influência das primeiras obras de Gullar,...

“Visão”, de Celso Borges, celebra os 93 anos do poeta Bandeira Tribuzi

Visão. Capa. Reprodução
Continuando sua série “Poéticas afetivas”, que já conta com seis títulos publicados, Celso Borges lança mais um livrinho-poema neste domingo, 2 de fevereiro, dia de Iemanjá em que o poeta Bandeira Tribuzi completaria 93 anos. José Tribuzi Pinheiro Gomes, autor de “Louvação a São Luís”, hino da capital maranhense, faleceu, vítima de enfarte, no exato dia em que sua cidade...

Poema visual de Celso Borges e Cláudio Costa relê neologismo de Guimarães Rosa

Nonadatudo. Reprodução
O resultado estético do livro enquanto objeto, para além de seu conteúdo, é uma das preocupações que move desde sempre o trabalho do poeta maranhense Celso Borges, algo perceptível pelo menos desde a trilogia “A posição da poesia é oposição”, formada pelos livros-cds “XXI” (2000), “Música” (2006) e “Belle Epoque” (2010), além do volume “O futuro tem o coração...

Ademir Assunção & Buena Onda Reggae Club

Buena Onda Reggae Club
O reggae se converteu, primordialmente, numa música de resistência e de celebração ao mesmo tempo. Paradoxalmente, a poesia de seus ídolos maiores, como Bob Marley, não é geralmente  vista como uma forma elaborada de literatura, por conta de sua mensagem direta e curta, mas como um veículo de mensagens. É um equívoco: a palavra de encorajamento do reggae é...